23 de jun de 2012

JUJU, A PORCA DESASTRADA..


(teatro de fantoches, escrito pela colaboradora Gláucia Purin)

Porca - Olá. Tudo bem com vocês?                     
Público - Siiiiiiiim.
Porca - Alguém de vocês já me conhece?          
Público - Não.
Porca - Meu nome é Juju, eu sou uma Porca - muito aventureira e hoje estou com uma vontade danada de voar. Será que alguém de vocês sabe como e que se voa? Heim.                                             
  Público - Não.
Porca - Bem como sou muito corajosa eu vou tentar. Remexendo o esqueleto, balançando a cabeça e aaaaa...
Porca - O, ou, acho que não deu certo.
Galo-cocorico epaaa, que barraco é esse no meu galinheiro?
Porca - Foi mal senhor galo eu estava apenas tentando voar, mas não deu certo e acabei aqui, no galinheiro no meio da sua comida.
Galo - Quem você pensa que é? Um passarinho?
Eu posso saber seu nome e quantos anos você tem.
Porca - Meu nome e juju e tenho 2 aninhos.
Galo - Mas porcas e porcos de 2 anos não voam. Teus pais nunca te disseram isso?
Porca - É que eu fugi de casa para me aventurar peio mundo, conhecer novos lugares e fazer novas amizades.
Galo - Você diz isso porque não conhece os perigos da vida. E agora vá para casa com seus pais antes que aconteça algo de errado.
Porca - Ta bom, ta bom senhor galo. Bem, até que o senhor galo está com razão, até agora eu não fiz nenhuma amizade, nem me diverti e já estou com saudade de minha casa e de meus pais. Agora, será que minha casa e pra cá ou pra lá.  Há já sei! Vou pedir para aquele jacaré ai. Senhor jacaré, você pode me dizer onde é o lagos dos porcos?
Jacaré - Uaaaaaaa...
Porca - Socorro, socorro, um jacaré malvado.
Jacaré - Uaaaaaaa...
(juju se esconde atrás da arvore jacaré olha a procurar).
Porca - Ainda bem que encontrei esta arvore para me esconder.
(Jacaré vai embora e juju dorme).
Coelho - Aloou, garooota, vamos acordar. Minha nossa, essa porquinha deve estar a muito tempo sem dormir. Será que vocês todos poderiam me ajudar a acordá-la, quando eu disser 3 todos juntos gritem juju e  1 e 2 e 3  Jujuuuuu.
Porca - há há que aconteceu.Quem e você?
Coelho - Bem eu sou o coelho Dingo, muito prazer senhorita juju.
Porca - Como você sabe meu nome?
Coelho - Falei com o senhor porco e ele me contou sua historia e vi quando o jacaré fez quase um jantar de você, ele não te avisou dos perigos da vida?
Porca - Avisou mas estava muito cansada que acabei pegando no sono acordei porque alguém me chamou,por algum acaso foi você?
Coelho NA verdade fomos nós.
PorcaNós quem?
CoelhoEu e meus amiguinhos ali em baixo.
Porca - Muito obrigadaaa...
Coelho - Ele me falou que você quer voltar para casa com seus pais. Onde você mora?
Porca - No lago dos porcos, você conhece?
Coelho - Claro que conheço, é para aquele lado ali, você passa pela avenida das tartarugas, dobra à direita, e depois que passar pela esquina dos sapos, encontrará o lago dos sapos.
PorcaNossa como é longe, mas não vejo a hora de dar um grande abraço em meus pais, pois, estou com muitas saudades de passear ao lado deles naquele lago maravilhoso.
Coelho - Agora aprenda a nunca mais fugir de casa e fique sempre ao lado de seus pais e ate mais algum dia.
Porca - Muito obrigado senhor coelho pela ajuda e agradeça ao senhor galo também.
Coelho – tchauuu Porca.(SUSPIRA) Bom agora que a porca já está fora de perigo eu posso continuar meu passeio. Adeus garotada...